Telegráficas

Olivia está bem melhor e eu também... Conhecemos Dr. Garrido e Dra Priscila, nossos novos cuidadores. Só observar a pequena, sem maiores dramas.

Veremos Alice com minha cunhadinha Lelê hoje. Benesses de ter Dedéia dormindo em casa duas vezes por semana. Todo casamento precisa de folga das crianças!

Comecei a ler "Career Renegade", meu presente de Páscoa (valeu, marido!).  Livro que ensina/comenta como fazer o que ama e ser remunerado por isto. Ou, talvez uma melhor definição: como não ficar escravo de uma carreira estressante e sofrida por estar sempre cansado mas não virar escravo de uma vida estressante e sofrida por estar sempre duro... Gostei do primeiro capítulo que provoca: o que você não se importaria de fazer até o fim da vida? Outros conceitos interessantes:  1) Não basta fazer o que gosta, tem que descobrir o que será o diferenciador de outras pessoas (princípio de qualquer negócio, aliás...).  Não precisa ser mestre na atividade, mas tem que ter visão (ex. um dos negócios do autor era focado em ioga sem que ele fosse um iogue excepcional). E também a ideia de aprender com os erros, estar preparado para os percalços do aprendizado. Muita coisa não é nova, mas escrita de forma pragmática e deliciosamente fluida de ler.  O melhor é este meu novo "rótulo", super charmoso: Sou uma "Career Renegade"!!

Marcadores: , , , ,