Eu te amo

Já são quinze anos pela estrada afora
Amor assim a gente comemora
E continua sempre a construir

Ah, se com você
Mudei de vida para voltar pro Rio
Viajei o mundo, gestei seus dois filhos,
Virei do avesso para me descobrir...

E nós na vida dura destas transições
Sempre ouvimos nossos corações
Pra no melhor caminho prosseguir

Doando, até o tamanho da casa encolher
Para mais simples e melhor viver
O essencial, filhos, você e eu

E agora, partilhando o armário embutido
A sua roupa abraça meus vestidos
E o seu croc acaricia o meu

Vem, nosso futuro está em nossas mãos
Estamos bem mais perto dos irmãos
E Léo e Olivia tudo a descobrir

Dançar, fazer aquilo que de fato importa
Sonhar janelas, caminhar sem portas...
Reinventar para sempre ser feliz...
Feliz... Feliz...

Para Lucrécio,  paródia de "Eu te Amo", de Chico e Tom. Homenagem também a tia Alice, hoje vivendo um dia histórico...

Marcadores: , ,