Pequeno causo sobre procrastinar

O livro da vez é "Predictably Irrational" que estou lendo em paralelo com o Lucrécio...
O texto, como o título anuncia,  é sobre a previsibilidade de nossas decisões irracionais: o fanatismo por coisas grátis, a diferença de dedicação ao fazer um favor versus fazer um trabalho.
Mas o tema do post é procrastinação.  Inspirada pelo livro, fiz uma pequena boa ação hoje...

Uma pessoa querida, que permanecerá incógnita, havia comprado um cinto há dois anos. O mesmo estava meio grande e precisava de furos extras para caber na dona.  Enfim, cansada de vê-lo pendurado no armário, generosamente ela me ofereceu o mesmo. Só que nossas circunferências são bem diferentes e não serviu. Mas aí tive um estalo!
"Sabia que há uma sapataria aqui embaixo, onde certamente podemos fazer os furos extras?". E inebriada pelo poder da ação eu emendei: "Vamos agora!". Cinco minutos e um real depois, minha querida já estava com o cinto ajustado, em tempo para estreá-lo com pequeno atraso de dois anos em nossa sessão de "Encontros Explosivos", filminho light de boa cepa com Tom Cruise e Cameron Diaz.
Incrível! Ah, e achei interessante o sapateiro cobrar um real. Barato o suficiente, mas ainda assim capaz de diferenciar trabalho de favor.
E você,  o que vai tirar da prateleira de coisas as serem feitas  "algum dia" (uma forma de dizer nunca, diria o personagem de Tom Cruise no filme)?

Marcadores: , , , ,