Rir é o melhor remédio...

Andei meio sorumbática esta semana, atolada em arrumar minha agenda, acertar os ponteiros com a empregada, lidar com crianças voluntariosas, etc etc etc.  Mas hoje estou definitivamente virando o jogo, graças ao riso, gargalhadas e bom humor em geral:

Sou cercada de pessoas que carinhosamente não me levam tanto a sério (veja post auxílio luxuoso) e isto segura bastante minha onda... Mas toda a ajuda extra é válida:
Ontem fui assistir ao besteirol completo "Gente Grande" e recomendo para todos que estejam num momento "Oh, dia... Oh céus...".  Ri sem parar, não pensei muito e até vi alguma mensagem no filme (de amizade e amor). Adam Sandler forever!

Hoje encontrei um velhinho figuraça quando buscava um cartucho de impressora recarregado... Ele me falou de sopetão: "Não vou com a sua cara", ao que, perplexa, retruquei: "bom, é seu direito...". E aí ele sorriu e disse: "não vou com a sua cara, por que ela é sua. Só posso ir com a minha mesmo...". Ele tem 79 anos e ainda se dispõe a fazer brincadeiras com estranhos... Aprendi muito!

Enfim, se a vida está complicada, se o mau-humor está por perto... Ria. Riso é contagiante e fácil de começar!

Marcadores: , , ,