Criando um sonhador


Foto: Leonardo Brasil
 Esta semana o Léo resolveu reescrever a carta para o Papai Noel, pois havia mudado de ideia sobre o presente.  Escrita a carta, ele me perguntou porque eu não ia imediatamente ao correio.  Eu respondi que já havia passado da hora, já estava fechado.
Daqui a pouco ele volta radiante, pois tinha tido uma ideia: pôs a carta do lado de fora da porta, onde elas aparecem, pois "todo mundo sabe onde mora o Papai Noel" e ele tinha certeza que o carteiro ia levar a correspondência para o Pólo Norte.
Lógico que a cartinha rapidamente desapareceu e estamos todos esperando o presente chegar no Natal...
Mas o que me emocionou nesta história  foi a fé do Léo.
 Fé de que a carta chegaria lá no Pólo Norte. Fé no Papai Noel. Fé no Natal.
Cada um tem sua visão do que ensinar para os filhos e o que eu  gostaria é de que eles cresçam com fé. Neles, no mundo e nos outros.
Não uma fé cega, sem trabalho ou determinação. Mas uma fé protagonista, onde a esperança e o propósito façam uma dupla imbatível nos momentos mais duros da jornada.
E o sonho caminha junto da fé. Não o sonho dourado, caído do céu. Mas este sonho para ser construído, passo a passo na caminhada da vida. Este sonho que pode ser feito junto dos outros e que pode ajudar os outros a sonhar.
Este é meu sonho. Criar sonhadores...

Marcadores: ,