Coração em paz

Quem não acorda um dia sem saber para onde vai, de onde veio? Incerto de suas certezas. Cheio ou vazio, mas insatisfeito?
Para todos estes dias, sugiro um  reencontro com o espirito.
O meu foi na quarta-feira. Seguindo a filosofia do "por que não?", acompanhei dois grandes amigos á Casa do Saber, onde me esperava Leonardo Boff. Ele falaria sobre sustentabilidade. Falou disso e muito mais.


Não adianta descrever certo tipo de experiência, mas acreditem em mim. Saí meio encantada, meio chocada, muito emocionada.  Eu sentia uma presença, um calor, uma explosão de sentimentos e compreensão, muito além do que pode captar minha pobre narrativa.
Estar diante de alguém que vive uma vida plena de sentido, com raízes fundas na espiritualidade e uma mente desperta e sensível é uma benção. Um presente.
Independente de credo, Frei Boff é um homem iluminado e iluminador.
Ficou mais claro que este vazio que me move é meu desejo de estar em paz de espírito.  Que minha busca é na verdade por esta resposta maior: O que eu faço aqui neste mundo? Como ser inteira, ser íntegra, que é tudo que vale na vida? E tudo que falta na vida...
Veio uma verdade funda e libertadora: "Não se preocupe com o que será. Seja".
Meu peito se encheu de esperança e gratidão. E note bem, não se fez apologia de nenhum religião, mas da busca de entusiasmo (que significa ter Deus dentro de si).  Um Deus que pode ser Buda, Maomé ou simplesmente fé em si mesmo. Mas que é preciso e está em falta.
Nas palavras de Leonardo Boff, "o que nos move, o que nos  empurra na vida é o coração".  E seguindo o coração, podemos chegar onde sempre sonhamos. Ser nosso eu inteiro e possível.
Saí com este pedido urgente para mim e para todos: deixem crescer o coração. E se o coração estiver forte, seja compassivo e ajude o outro.  Pode ser simplesmente estar junto no momento da dor alheia, "não deixar sofrer sozinho".
Ele completava: "Homem vem de húmus, quer dizer, terra boa". Plantemos estas sementes de um amor maior a si mesmo e ao outro. Que há de brotar.
E como ele também disse, "a gente pode dizer tudo em menos", então despeço-me por aqui.
Bom fim-de-semana para você e seu espírito. Que o d/Deus em você floresça em toda abundância.