Música para os ouvidos

Como falei na última vez, venho buscando novas formas de estar bem comigo mesma.
Sair da prisão de uma grande cabeça pensadora e de uma boca demasiadamente ágil...
Por isso tenho apreciado retomar um hábito há muito negligenciado: ouvir música.
nadaqueeuquero.blogspot.com
    Comprei um i-pod cor-de-rosa em janeiro. Mas só agora, meados de julho, ele entrou em funcionamento.
    Que bom que são tempos de mudança e, para compensar, passei os últimos dois dias imersas em música.
    Revisitando cds antigos, descobrindo músicas que desconhecia. Por vezes emocionada, outras vezes cheia daquela felicidade que só uma boa canção traz para a gente.
    A conselho de meu amigo, Luiz, procuro não complicar a "classificação" de minhas músicas.
    Escolhi quatro "categorias" para sintonizar com o meu espírito: crianças, emoção, calminhas e animar.
    Assim pretendo navegar, ouvindo um som enquanto escrevo. Familiarizando-me com o i-pod...
    Aproveitando a possibilidade de ser surpreendida por uma escolha aleatória, com o auxílio da tecnologia...
    Para fechar, não poderia deixar de falar da única banda que seguiu  comigo estes anos todos. O meu amado U2.  Gosto do pacote todo. Da música, claro. Sem pular nenhum disco.
    Mas também da atitude: amigos desde sempre, viajando por todo o mundo e, ao mesmo tempo, vivendo na mesma vizinhança.  Comovidos com as pessoas e fazendo a sua parte.
    Acho que o U2 e a poesia foram fios que me mantiveram próxima do caminho próprio, para quanto eu estivesse pronta, embarcasse nesta grande e nova aventura.
    E você, qual é a sua trilha do momento?

    Marcadores: