Qual a coisa que nunca poderia perdoar?


Tenho me esforçado muito em aprender o perdão de forma mais profunda e concreta.
Apesar de me dedicar bastante a praticá-lo, há demasiadas coisas que ainda preciso perdoar de fato.
No geral, o que mais me dói é abuso de minha confiança.
Acreditar no outro, abrir  meu coração e então me decepcionar é muito sofrido para mim.
Mas tenho fé que chegarei no ponto de perdoar isto também.
http://scotchandscones.tumblr.com/

Possivelmente eu teria extrema dificuldade em perdoar algum abuso ou violência - destas impensáveis-  com meus filhos ou alguém muito querido. Mas quero acreditar que mesmo isso, um dia eu seja capaz de perdoar.
Acredito que o perdão é uma força poderosa para quem perdoa e também para quem presencia o perdão.
Embora tenha muita fé neste conceito, minha alma mortal e imperfeita é um obstáculo.
Mas tenho esperança.
Tenho vontade de que um dia eu esteja tão desprendida do meu ego, de minhas próprias questões, de minhas próprias dores que perdoe o meu algoz.
Afinal, não seria esta a liberdade suprema? Não ter mais nada a perder, tudo perdoado?
Quanta dor, angústia, raiva e outros sentimentos assim eu poderia sublimar assim?
Será uma grande utopia?
Espero que não. Que um dia eu possa de coração oferecer a outra face. E ficar em paz.

Este é um post da série "6 Bilhões de Outros", inspirada neste projeto aqui.
Mais detalhes do projeto neste post.