De volta para mim


Outro dia vi uma propaganda que mexeu  muito comigo.
E hoje em dia, isto é raro. Ando meio arisca com publicidade.

Refletindo sobre o que me tocou, voltei às minhas raízes em marketing. Afinal, concluí que fui fisgada pelo "insight" por trás da mensagem.
Insight, em marketing, é a parte da mensagem que alcança o coração ou a mente do consumidor.  É o que faz a gente pensar: "Nossa, esta marca me entende". Ou, "Nossa, eu me sinto assim".
Twinings capturou meu coração pelo insight do comercial, que eu assumo ser algo como: "às vezes parece que estou fora de mim e preciso me reencontrar, voltar para o meu eixo. É muito difícil e eu apreciaria uma ajudinha".
Dei-me conta que tenho tido muitos momentos assim, onde sinto falta de me reencontrar comigo mesma.  "Get back to me".
Tenho me sentido inúmeras vezes em um mar turbulento onde, às vezes, nem vejo os remos... Coisas de quem está no caminho próprio, final de ano e um pouco cansada...
Fui para o outro lado do oceano, entre outras coisas, para buscar este reencontro.
Alcancei muitas coisas: um pouco mais de visão de futuro, novas experiências, proximidade com pessoas queridas, descanso.
Mas ainda não sei se estou "de volta a mim mesma".  Esta é minha busca, mas como diria meu  amado Bono: " I still haven't found what I am looking for".
Não acho que uma simples xícara de chá é suficiente, mas um bom começo...
Pequenos gestos assim envolvem contemplação e silêncio, bons ajudantes para mentes e corações revoltos.
Xícaras de chá, silêncios e outras singelezas.
Talvez seja preciso mais simplicidade e menos grandiloquência.
O final do ano se avizinha, junto com muito trabalho. Mas estas imagens evocaram em mim o caminho do reencontro com minha paz, numa beira de mar solitária e aconchegante.
Ainda não sei quando eu chego na margem, mas estou caminhando...

Marcadores: , , , , , ,