Que significado Deus tem para ti?


Sinto, como muitos,  que a vida é um caminho cheio de obstáculos.  
A todo o tempo temos medo.  Perdemos pessoas queridas.  Sofremos e presenciamos injustiças, covardias, violências inomináveis.
É preciso ancoragem para enfrentar tantos desafios, para persistir apesar de tudo.
Por outro lado, sou grata por ver tanta beleza no outro e no mundo. Por presenciar todo o tipo de felicidade (minha e alheia). Há tantas  pequenas e grandes boas coisas da vida...
Vejo histórias de superação, resiliência, amor desinteressado. Vejo inocência, justiça e generosidade sobrevivendo flamejantes em meio à escuridão.
Seja nos momentos doloridos ou doces da vida, sempre senti necessidade de alguma transcendência: Não cabem em mim as tristezas e alegrias imensuráveis do existir. 
Por isso preciso de Deus.
A Criação de Adão, Michelangelo Buonarroti
Meu Deus é suavemente inspirado na religião de  minhas avós, o catolicismo.  Identifico-me sobretudo com a vivência cristã (amar ao próximo, em especial) e com a frugalidade franciscana. 
No entanto, abraço com carinho outras formas de ver Deus: aprendi muito com meus amigos espíritas, protestantes, praticantes da Cabala ou adeptos de religiões/filosofias orientais.
Tento entender quem diz não acreditar em Deus, mas espero que creiam pelo menos em seu "deus interior", sua própria chama divina, centelha, entusiasmo.
Por que para mim a vida sem Deus nenhum é de um aridez insuportável.  Com quem compartilhar minha tristeza profunda? A quem agradecer a dádiva dos momentos felizes? Com quem partilhar o buraco mais fundo ou a alegria mais inebriante? Nem sempre os homens estão prontos para isto.
Por isso, desde sempre, compartilho meu caminhar com Deus.
Não delego minha felicidade a ninguém, nem a Ele.
Mas aprecio a calma companhia, sem exigências ou mimos.
Desejo a todos a possibilidade de esperança e consolo para os pés descalços nos dias pedregosos.
Meu caminho próprio é iluminado por Deus. Só posso desejar que alguma luz assim ilumine o caminho de meus irmãos, crentes ou não.





















Este é um post da série "6 Bilhões de Outros", inspirada neste projeto aqui.
Mais detalhes do projeto neste post.

Marcadores: , ,