A pedra nossa de cada dia

"No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra."

Carlos Drummond de Andrade

Assim vivemos nossas vidas.  Escalando pedra após pedra.
Humanos que somos, nos apegamos ao suor da subida, à dor, ao esforço.
Façamos diferente hoje.
Tunda Vala, Angola | David Ligeiro













Celebremos as pedras que ficaram para trás.  O descanso merecido ao vencermos mais um obstáculo.  A comemoração de mais um passo avançado, nesta tortuosa estrada de nosso caminhar.
Meu convite é o hoje.  Fiquemos um pouquinho aqui, degustando este sabor de ter conseguido mais um pouco.  De termos alcançado um novo lugar, com as cicatrizes e aprendizados da batalha.
Vamos dançar sozinhos em incontido júbilo. Ou vamos respirar profundo e aliviados, com um sorriso discreto.
Vamos convidar os vizinhos para um copo d'água comemorativo. Ou vamos sair pelas ruas cantando em voz alta como é delicioso deixar mais uma pedra para trás.
Aquela pedra.
Aquele dilema familiar. Aquele encontro temido. Aquele trabalho terrível.  Aquela conversa difícil.
Aquela pedra foi tanto sofrimento, mas agora é boa lembrança.
Conseguimos.  Conseguimos, mais uma vez.
Apesar do pessimismo, do cansaço, de quase termos perdido a coragem. Apesar do choro sentido ou dos olhos secos.
Agora passou.
Fiquemos aqui, à sombra desta pedra amiga.
Ouçamos seus bons conselhos, por que a próxima pedra se avizinha.
E estaremos prontos. Mas por agora vamos ficar por aqui, aproveitando este silêncio.
A paz da pedra que foi.

Marcadores: , , ,