Meu raio de sol

Hoje minha filha caçula faz quatro anos.
Quatro anos de luz, energia e uma versão mini de mim mesma, em muitos sentidos.
A centelha sempre acesa, a alegria, as explosões. Olivia me convida a ser humilde e aprender como ainda preciso criar fronteiras e equílibrio. Minha menina-baioque, "quando amo, eu devoro todo o meu coração".
Imagem: Lucrécio Brasil
Quando chega em casa, é um como um vento refrescante: mamãããããããããããããããe! E me abraça.
Sua pureza, amor e entusiasmo são contagiantes. É perseguida por fotógrafos em festas de casamento...
Carinhosa, amorosa e cuidadora.  Um presente, uma joia, uma graça.
Ser mãe me permite desfrutar de sentimentos inéditos e sublimes.  Ver Olivia florescer é uma força para eu buscar ser uma pessoa melhor, mais feliz e mais inteira.
Saber que seguir meu caminho próprio abre estradas novas para ela... Um alento extra nos dias cansados.
Quatro anos, as primeiras letras, os desenhos-batatinha.
Um amor vulcânico, sonoro e em todas as cores.
Minha pequena princesa. Meu amor-flor. Minha Olivia.
Feliz aniversário.
Que todas as fadas derramem suas bençãos sobre você.
Eu já sou abençoada por te ter.
Amor,
Mamãe.

Marcadores: ,