2012: O Ano que Germinou


Para não se desgarrar na caminhada, é bom rever a trilha que deixamos. Avaliar o ano que passou.  Sonhar com o ano que virá...
Comecei este processo em 2010 (O ano da Coragem), inspirada por Chris Guillebeau Leo Babauta
Naquela época fiz uma primeira reflexão sobre gols-metas que evoluíram para as famosas vontades-frouxas...
Continuei em 2011 (O ano do Menos é Mais), quando também selecionei os melhores posts do ano.
2012 foi eleito o Ano do Germinar
E germinou assim:
Robert Kaufman
O trabalho: 2012 foi o ano onde me dediquei a crescer a Nutshell, como nunca havia feito.  Escolhi a Organização de Ideias e o Odisseia e fui fundo. Colhi MUITOS frutos:
- Inaugurei dois novos miniworkshops com Érica ("Planejamento Pessoal" e "Emprego dos Sonhos")
- Juntas fizemos SEIS workshops Odisseia em TRÊS cidades com 31 novos Odisseyers...
- Estreei um novo canal de comunicação: as newsletters Odisseia, Odisseyers e Nutshell.
- Participamos do CONCARH (Congresso de RH) em Blumenau, onde conhecemos grandes mestres e aprendemos muito!
- O Odisseia ampliou seu espectro de ação: Colégio Liessincurso no POP, corporações (Millward Brown) e empreendedores criativos (Rio Criativo).
- A organização de ideias de fato virou uma consultoria/coaching , com QUINZE clientes em 2012:
Simxer, Larissa, Gisela, Alisson, Guilherme, Tatiane, Gisele, Cadú, Fernanda, Anne, Henrique, Marcela, Priscila, Maurício e João: you rock my world!
- Apoiei o espírito empreendedor de meus queridos Mariana, Juan e Bárbara, respectivamente  Verve e Teamware... 
- Também pude contribuir para Adriana Ferreira expandir seu maravilhoso trabalho.
- Fiz dois belos projetos com meu grande amigo Gian:  Visagio e Unilever. 
- E o Onionvation segue através da fan page, nosso playground...
- Realizei diversas palestras, fechando com "uma receita para ser herói" na inauguração da nova sede da Masima/Vidi.

O resultado foi muita satisfação, reconhecimento e estar cada vez mais perto de viver só do "dinheiro novo"... Em novembro, consegui pela primeira vez receber o mesmo que recebia nos tempos de executiva. Claro que dezembro já foi não foi assim, mas é um sinal auspicioso. 
É possível prosperar e viver mais simples!

A família e os amigos:
Apesar de muita batalha, incluindo viagens e trabalho em vários fins-de-semana, pude cultivar também minhas relações pessoais:
- Segui acompanhando de perto meus dois filhos, fazendo vários programas especiais com eles e sendo presente e atenta nos momentos difíceis.
- Fiquei  mais próxima de meus irmãos, sobrinhos e cunhados...
- Fui presença assídua no lanche dominical de meu pai e boadrasta...
- Reaproximei-me de duas amigas das antigas: Lucrécia e Daniela
- Levei minha amizade com Érica a um outro patamar, mais profundo e sagrado que nunca.
- Conheci/fiquei mais próxima de  pessoas queridas: Samara, Gisele, Guilherme, Marta, André, Eliana, Rachel, Roberta, Maria, Maiko, Sérgio, Tony...
- Caminhei junto de pessoas que admiro demais. Não dá para citar todos, mas não posso deixar de mencionar Luiz e IacyEduardo Seidenthal, Júlio Marco Flávio.

Finalmente, o mais especial e delicado: atravessei um ano de profunda transição no meu casamento e chegamos a 2013 juntos, apesar dos muitos espinhos do caminho. Te amo, Lucrécio!

E se esqueci alguém, me perdoe. É o bom de ter tantos amigos!

O Viver Mais Simples:
- Realizei meu sonho e fui ao World Domination Summit, onde vivi dias inesquecíveis.
- Comecei o projeto "Viver Mais Simples em 90 Minutos", onde posso tangibilizar mais ainda minha filosofia de vida simples, em parceria com amigos incríveis.
- Segui firme na ancoragem:  Eliane, Fogo Sagrado, Terapia com Carmem Lemos, Workshop das intenções com Zeneide. 
- Participei de dois workshops dos sonhos de Adriana Ferreira...
- Prossegui sem carro, dentro do meu orçamento e acreditando no meu propósito de “ajudar pessoas a frutificar, sendo felizes”.

Minha Saúde Espiritual:
Pude praticar o servir em vários níveis e isso me faz feliz e grata:
- Junto de Maíra e Guilherme, fui mentora dos queridos Laís, Leticia, Eduardo e Guilherme através do projeto de mentoria da Vencer, liderado pelo meu amigo Gustavo.
- Criei o Coletivo Baobá, onde atuei junto com 30 voluntários a serviço da ONG Ser Alzira de Aleluia, no Vidigal, liderada pela guerreira D. Elma.
- Direcionei 30% do que veio das Oficinas VMS em 90 minutos para a Amaivos, organização voltada a fazer o amor ser tangível.
- Ofereci organização de ideias gratuita no SER Alzira de Aleluia e na Amaivos.

Porém... 
Nem tudo foi perfeito e bom assim. Para eu manter-me humilde e perseverante, segue o que não deu certo em 2012:

- O principal: descuidar-me da saúde física, engordando 12 quilos e fechando o ano com joelho sobrecarregado e uma dolorida tendinite.  As causas são óbvias: trabalho demais, dieta errática e exercício de menos. Também terminei o ano no limite da exaustão, além do que era necessário.

E secundariamente:
- Não escrevi o livro do Viver Mais Simples. E, por enquanto, não vejo como... Mas que eu gostaria, ah, gostaria...
- Uma redução no ritmo do blog a partir de outubro, por conta do excesso de trabalho...
- Minha casa precisa de vários pequenos reparos. Praticamente algo a fazer em cada cômodo... Comecei aos poucos nestas férias, mas ainda é preciso avançar...
- Ainda no tópico casa: continuo com mais coisas do que gostaria de ter... “stuff”. Quero descobrir novas maneiras de viver com menos...
- Das vontades-frouxas de 2012, não dancei,  nem criei um ritual espiritual para minha família. Mas revendo a lista, acho que estava muito grande mesmo... Aprendizados.
-  A vida doméstica teve seus percalços, com a demissão de uma empregada que ficou quase seis meses recebendo sem trabalhar...
- Não consegui por o novo site no ar... Ajustes finais ficaram para 2013.

No entanto, na soma de tudo, tenho muito a agradecer. 
2012 foi um ano fértil, maravilhoso, mesmo com tanto cansaço e trabalho duro.  Vou confiante e grata para 2013!


Marcadores: , , ,