Fazer uma gratidão

Todos os dias tem seus presentes.
Alguns mais sutis, outros um raio que atinge o nosso peito.
Ontem recebi um destes últimos.
Fazíamos um workshop Odisseia, Érica e  eu. Uma de nossas heroínas nos contou deste conceito, aprendido com uma (sábia)  professora da faculdade.

Fazer uma gratidão.

Fazer uma gratidão é uma forma específica de receber as belezas que vem do esforço, do trabalho e do inesperado.  Agradecer as coisas boas é fácil. Menos fácil é ver utilidade e aprendizado no que é duro e frio.
Funciona assim:

Eu agradeço a ...
Por que isto gerou em mim ...
Que fez ...

Simples assim.
Usamos ontem mesmo, no grupo. O meu ficou:

"Eu agradeço a meu medo de não agradar aos outros
Por que isto desperta em mim a coragem para ser eu mesma
E isto gerou em mim mais aceitação por mim e compaixão pelo outro"

A beleza deste conceito é permitir tangibilizar a gratidão. Praticada para tudo, um poderoso sistema para evocar nossa humildade e potencial de maravilhar-se.

Incrível.

Ofereço a vocês esta pérola que recebi, gratamente.

Em meio a muitas tempestades desta vida, esta fresta de sol aqueceu meu coração.

Marcadores: