Oração ao tempo

"Peço-te o prazer legítimo 
E o movimento preciso
Tempo tempo tempo tempo
Quando o tempo for propício 
Tempo tempo tempo tempo" 
Oração ao tempo, Caetano Veloso



O que você faria se tivesse mais tempo?
É o que venho experimentando nestes primeiros dias de férias.
E as respostas têm sido surpreendentemente simples:

- Dormir (sem hora para acordar)
- Caminhar (sem hora para voltar)
- Passar meus cremes
- Conversar com meu marido
- Ler
- Escrever

Bisbilhoto e-mail e rede social de vez em quando.  As ligações para os filhos são sagradas.
Mas a falta de tarefas automaticamente me redirecionou para a vida cotidiana, sem grandes gols ou métricas.

Claro, quando eu voltar há de ser diferente.
A rotina escolar, as necessidades da família, a lida doméstica, o trabalho, a gestão dos relacionamentos.

Mas pode também ser de um outro jeito.

Menos cansada, percebo ter mais foco e fazer as coisas de um jeito mais natural e fluido. Tudo o que eu obviamente já sabia mas, de tão exausta, não lograva executar.

Desejo de coração ser capaz de trazer comigo esta paz sem pressa, mesmo com o ritmo mais acelerado do dia a dia e a lista grande de porfazeres.

Viver o presente deste jeito, sem grandes pretensões, é profundamente reparador.

Espero estar assim inteira no caminhar da volta. Respirando, dormindo, fazendo um pouco de nada.

E você, o que faria se tivesse mais tempo?


Marcadores: