2013: o bom e o aprendido

Hora de fechar o ano, lembrando o que frutificou e o que foi aprendizado...
A prática de um balanço anual que eu aprendi há anos atrás, com Chris Guillebeau .

Venho praticando:
2010
2011
2012 

e agora, 2013...

Primeiro os pontos altos:
  1. (Re)afirmar a estrada no casamento, com uma "lua-de-mel" em julho, no Oregon.
  2. Ver os filhos atingirem importantes marcos de crescimento: Léo venceu medos e está comprometido com sua autonomia. Olivia deixou a fralda e está avançando com o "paninho".
  3. O mais importante investimento: Formação para Coaches do EcoSocial, onde estou ampliando repertório e horizontes.
  4.  Aprofundar e expandir meu trabalho: o primeiro escritório; um ritmo mais constante de clientes, um ano prolífico para o Odisseia, avançando por novos oceanos.
  5. Ir ao meu segundo World Domination Summit!
  6. Celebrar o primeiro trabalho para a Johnson & Johnson desde minha despedida.
  7. Ter sido uma boa amiga para pessoas queridas que precisaram de apoio especial.
  8. Acompanhar o processo de superação de um câncer de meu querido tio Márcio, torcendo e apoiando minha parceira Érica.
  9. Ter investido em caminhos de autoconhecimento, especialmente os trabalhos com Zeneide Jacob Mendes,  o Workshop do Sonhos com Adriana Ferreira, Intensivo The School of LIfe e Workshop de TaKeTiNa.
  10. Manter algum tipo de rotina de exercícios, mesmo que ainda errático: Pilates, dança e, agora, natação.
  11. Contribuir com causas que me interessam e vê-las florescer: Charity: Water; Beleza Real.
  12. Ler mais do que em 2012. Doze livros (até agora). Meus destaques: Momo e o Senhor do TempoComo encontrar o trabalho de sua vidaThe Gifts of Imperfection.
  13. Mais de oitenta posts neste blog!
  14. Estar menos cansada que em 2012 e permitir-me um mês e meio de férias.
  15. Ter praticado a gratidão com muita disciplina.
Se eu fosse resumir numa frase: Ser ainda mais eu mesma, apesar do medo, do cansaço e das preocupações inevitáveis do caminho de mãe e esposa empreendedora.

E o que não deu tão certo? 
Antes de tudo, uma sensação de repetir erros do passado. A lista é muito semelhante à de 2012!
  1. Chegar perigosamente perto dos cem quilos.  Agora estou com 97kg, mas a linha é tênue e não posso mais adiar os planos de cuidar de mim.
  2. Ter perdido o foco por diversas vezes, gastando tempo e energia preciosos.
  3. Mais um ano sem finalizar o site.
  4. Não ter estado tão presente na vida de alguns amigos queridos.
  5. Uma última tentativa de empregada "todos os dias", que  não deu nada certo.
  6. A casa ainda cheia de reparos por fazer, o que  me desanimou de receber pessoas.
  7. Ter deixado um check up médico "inacabado". Preciso recomeçar em 2014, refazendo exames...
O que não deu certo deixou um travo amargo, mas, ainda assim, fico orgulhosa de ter aprendido meus limites e, sabiamente, não ter criado expectativas para o livro ou mais posts no blog. Isto minimizou muitos estragos...

2013 foi um ano intenso e vivido de coração pleno! Zarpo com coragem e alegria para 2014!

PS: Se você quiser fazer seu próprio balanço anual, recomendo muito o modelo de  Annual Review do Chris Guillebeau.

Marcadores: ,