Um Corpo Maior

Salvador Dalí
O deserto acabou
É tempo de um novo corpo
Um novo chão, um novo oceano
Apoiada em meu cajado,  sonho

Ouça o seu coração
Multiplicar coragens com seu pulsar sanguíneo
Fluir e retumbar
Eu sou Eu sou Eu sou

Sinta  suas vísceras
Fígado-baço-estômago
Intuindo  suavemente
Eu sei, Eu sei, Eu sei

Honre suas pernas
Firmes, verticais, elo entre céu e terra
Avançando musculares
Eu vou Eu vou Eu vou

Navegue  seus pensamentos
Para além muito além do que se vê
Captando por todos os poros o mundo que se revela
Eu voo Eu voo Eu voo

Vibrar cada célula, cada sonho, cada partícula de amor
Somar o seu ao meu corpo ao do outro ao de Deus
Somados, um novo corpo, expandido e profundo
Um corpo maior

20/6/2014, Matutu


Marcadores: ,