Por onde começar

A lista anda grande.
Trabalhos. Marido. Meus pequenos. Cuidados tão adiados comigo.
Agora mesmo estou aqui, atarantada. Por onde começar?
O tempo é tão pouco.

Giovani Kososki 

Escrever o planejamento anual tão adiado?  Fazer a prática espiritual atrasada?
Ou apenas dormir, dormir e esquecer-me de tantas listas e tantos buracos a preencher?
Suspiro.
Qual deles poderá esperar sem rasgar-me o peito em ansiedades?
Qual me deixará repousar, sem ficar martelando o cérebro: “Eu estou aqui. Eu estou aqui”.
Qual  causará menos dano?
Todos os dias esta lista me sobrevoa como enxame de abelhas zangadas.
Hoje, decido entregar-me.
Não farei nada.
Apenas isso.

Daqui a pouco, veremos.