Tempo por um fio por Érica Cavour

Gaëlle Boissonnard
É preciso dar voz a esses homens que gritam:

Comprem!

Vendam!

Mãos ao alto!

Saiam daqui!

Atirar!



É preciso dar vez a essas mulheres que calam,

e põem a água no fogo

e debruçam-se no berço

e colocam as flores no jarro

e varrem a varanda

e separam o lixo

e cuidam das crianças

e acompanham os velhos



Precisamos acolher o medo desses homens de cara valente

e cantar para eles sua canção de ninar.