Inspirar, Expirar

O novo amigo envia um texto sobre "anos de inspiração e anos de expiração.
Fico pensando sobre o tema.
Inspirar é receber estímulos, estudar, explorar.
Expirar é realizar no mundo, fazer, trabalhar.
Os últimos anos foram de muito expirar. E transpirar.
Depois do pulso relativamente manso de onde emergiu o Viver Mais Simples e o Odisseia, as coisas se aceleraram.
Nos dois últimos anos, dois empreendimentos novos: Argo e Voe.
Expirar, expirar, expirar.
Um torvelinho de tarefas, tudo muito acelerado.
Criar, realizar, sem descanso.
No final de janeiro, fechei um ciclo, com o evento do Voe em São Paulo.
Agora é tempo de inspirar.

Caminhadas pela manhã. Dormir cedo. Trabalhar durante à tarde.
Tentar novamente este pulso mais lento.
Experimentar novas limpezas, na casa, na rotina.
O quadro kanban anda com mais vazios.
Tenho receio, o ano está esquentando e não falo do calor escorchante...
Mas insisto neste pulso, um dia de cada vez.
Confio que mais vagar trará mais serenidade.
Procuro ancorar meus dias num mar mais profundo, para lá do quebrar das ondas.
Inspirar.
Para depois expirar novos sonhos, voos inéditos.