Bordando-me

Bordo em mim uma Penélope.
Que saiba esperar.
Que saiba refazer repetidamente o que já foi feito, sem perder a alegria.
Que saiba perdoar.

Bordo em mim uma Penélope que vigie o sono dos filhos, sem cercear seus sonhos.
Que ame seu homem sem expectativa ou ilusão. A verdade é a realidade.

Dora Wheeler: "Penelope Unraveling Her Work at Night" 

Bordo em mim uma Penélope que seja uma rainha de si mesma.
Proteja-se de seus adversários através da inteligência e do amor.

Bordo em mim uma Penélope que seja doce, porém firme. Que seja firme, porém doce.

É difícil a vida de ser Penélope.
Sofrimento. Ira. Saudades. Traição. Medo. Vulnerabilidade.
O mal está aí fora e aqui dentro, espreitando.

Bordo minha Penélope de olhos abertos, embalando meu coração numa canção de acordar.